quarta-feira, 23 de abril de 2008


"O meu amor tem lábios de silêncio
e mãos de bailarina
e voa como o vento
e abraça-me onde a solidão termina


O meu amor tem trinta mil cavalos
a galopar no peito
e um sorriso só dela
que nasce quando a seu lado eu me deito


O meu amor ensinou-me a chegar
sedento de ternura
sarou as minhas feridas
e pôs-me a salvo para além da loucura


O meu amor ensinou-me a partir
nalguma noite triste
mas antes, ensinou-me
a não esquecer que o meu amor existe"

3 comentários:

Luis Oliveira disse...

É verdade! =P

Ana disse...

Se eu disser q esta é daqelas q eu adoro.. É óbvio d+, n é? :p
Alma gémea pah! =)***

Jokinh@ disse...

eu gosto do jorge palma...

=)